BRONZE PEAPAZ

Espuma dos Dias (Espera-Maridos)

ZC0fJ46oyZMV3tSUS3dK

A ESPUMA DOS DIAS

Na Espera dos Amados...!

("doce Espera-Maridos" - doce Conventual Português)

Coloque na vitrola uma valsa tocando e siga reunindo seus elementos, leve e cheia de amor!

Os ovos redondos, enchendo delicada e suavemente sua mão, que só de vê-los, sentimos a ânsia dos mesmos! Um tachinho, com uma asa sem vôo, uma colher de pau, pequena e ligeira, sem cheiros salgados; o pote de acúcar, imaginando ser o pão do mesmo, doce e em areia, escorregando por entre seus dedos, sem drama, só doce, docemente escoando! Sobre a sua mesa disponha duas vasilhas ... a valsa vai começar!

No tachinho vá colocando colheres de sopa de acúcar, cobrindo-as com um belo copo com agua! Não permita que o lume esteja muito espevitado, pois a pressa é inimiga do amor!

Pegue-se em 12 ovos, separe as firmes gemas das suas claras escorregadias, prometendo-lhes que se irão reunir breve breve! Desfaça a firmeza das gemas com um garfo, sentindo a sua macieza.

O acúcar deverá ter atingido seu ponto de fusão certo, em fio doce sem pérola na ponta, e docemente se escoa da colher.

Coloque seu corpo a jeito, para que o doce liquído quente, desça sobre as gemas sem pressa, sem violência, num fio fino, enquanto a sua mão gira, em movimento constante, sem pressa, ritmado, ligando o doce liquido e as gemas sem brusquidão, mas firmemente!

Verta agora, a mistura de volta ao seu tachinho e coloque no lume bem suave, mexendo com sua colher de pau, ligeira e fina, fazendo 8, que abrange todo o fundo da panela e o profundo dos elementos, dando o Infinto de Deus aos dias em espuma. Balance seu corpo ao som e ritmo da Valsa tocando!

Quando essa mistura ficar mais densa, como só o Amor, quando cresce e tudo recobre espessando.

Deixe então com calma refrescar, à temperatura do ambiente, não esquecendo de colocar na mistura um avelã de manteiga, para a fluidez não se perder.

Porque os dias da vida, mesmo em espuma, têm pequenas pedras a ultrapassar, envolva lascas de amêndoa, no Sol que se fez em creme!

Ajeite seu cabelo, enfeite e perfume suas formas, faça o que mais lhe apetecer! Solte seu corpo e seu espirito ao som da Valsa!

Quando estiver para chegar o Amor, solte umas pedras de sal nas claras translúcidas! Dê-lhes esse toque de mar, que dá sabor e balanço à Vida.

Inicie a tarefa de erguê-las em espuma firme, para suavizar e deixar a brisa do ar e do mar entrar em tudo, e sobretudo no Sol, que espera seu momento de se desvanecer flutuando...

Bem firmes mas não duras de pedra - o Amor quer firmeza, mas sem ser duro! - comece gentilmente envolver essa espuma branca no Sol em creme, suavemente, muito suave, docemente envolvendo...

Não esquecer a canela a polvilhar. É o picante necessário aos doces amores.

Saborear...

FIM

em dia de S.Valentim

(dos namorados)

Chantal Fournet

14/2/2016

Espumas dos Dias ...

Esperando o marido, o Amado chegar...

Se demora demais

o Amor deslaça e fica sem graça

tudo separa e nem a amêndoa, lasca firme e dura

qual mandorla da Vida

o pode segurar...

Espumas...

INGREDIENTES:

por cada ovo 1 colher de sopa de açúcar

amendoa lascada +/- 80grs

1 copo com água

canela q.b.

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • DIAMANTE PEAPAZ

    3543594471?profile=original3543594432?profile=original

    • BRONZE PEAPAZ

      Querida Silvia Mota!!!!! Obrigadaaaaa!!

      uuuuuuaaauuuuuu!! Com vossas visitas eu tive um BELO Dia de S. Valentim!!!!!

      YYYYYYYYYYYeeeeeaaaaaaaahhhhhhhhh A minha alma vaaaaaaaaalllsssaaaaaa!!!!!! valsa valsa valsa!!!!

      Beijiiiiiiinhos beijinhosss!!

      3544324791?profile=original

  • PRATA PEAPAZ

    Querida amiga escritora Chantal

    Obrigada pela partilha da deliciosa receita, talvez eu me aventure a fazê-la. Doces dos conventos de Portugal.

    Na Europa e nos EUA  no Dia de S. Valentim,(14-02) é comemorado o Dia dos Namorados. Aí, nós comemoramos por duas vezes,( nunca é demais, não acha?) aqui no Brasil é o dia 12 de junho,  em homenagem a  Santo Antônio, o casamenteiro.

    Gostei muito da dica da música! É mais romântico, vou fazer também. Conforme o dia, sairá um forró, uma música ligeira

    ou uma clássica, talvez uma valsa.

    Agora vou dar um   "pitaco".  Este teu texto é uma bela crônica, não pensa assim?

    Beijosssss

    • BRONZE PEAPAZ

      ahahahaha !! adorei teu "pitaco"!!

      É sim, poderia ser uma crónica!! Mas prefiro vê-la como uma receita literária...como a teria escrito Georges Sand!!! Ontem estava inspirada!!!

      Então escrevi uma receita

      Não que me veja como ela!! mas li 3 receitas dela e fiquei maravilhada! como, por exemplo, uma simples Omelete se pode tornar uma bela peça de arte literária!!

      Adoraria que pudesses ler uma recolha que vi publicada do livro de Receitas dela ..... afff! não há dúvida uma Escritora na cozinha .... no resto!!!

      Obrigada por tua visita! Foi minha prenda de Valentim!!!rsrs

      AH! Não hesites Arlete em experimentar a receita! È simples! euu ainda a consigo fazer! rsrs então tu tambemmmmmmmm!!! ahahah

      Já sabes a base é sempre 1ovo=1 colher sopa de acúcar!! O ponto de acúcar é antes do perola!!mas se atingir o pérola tambem está bem!!! não pode é ser mais porque ao cair na gema dá desastre!! É COMO NO AMOR!!!!!!!

      Fazer este doce ou um leite-creme, ao som dum CD de Valsas, é algo inspirador e o deleite é completo; pois valso a parte superior do meu corpo, claro, senão eu caía rsrs, e a mão vai com a colher e valsa valsa valsa!!!  É puro deleite!!!

      beijossssssss

    • BRONZE PEAPAZ

      3544386448?profile=original

  • This reply was deleted.
    • BRONZE PEAPAZ

      Querido Poeta Espero que ela deseje aventurar-se nesta Valsa de Espumas!!!Fico grata por sua visita!! é uma verdadeira Honra!!

      É muito simples! a base é sempre:  1ovo=1 colher sopa de acúcar!! O ponto de acúcar é antes do perola!! mas se atingir o pérola tambem está bem!!! não pode é ser mais, porque ao cair na gema dá desastre!! É COMO NO AMOR!!!!!!!

      Como disse a Arlette Brasil...Ontem estava inspirada!!! Então escrevi uma receita, em forma algo literária, como a escritora Georges Sand talvez o teria feito!!

      Não que me veja como ela!! mas li 3 receitas dela e fiquei maravilhada! como, por exemplo, uma simples Omelete se pode tornar uma bela peça de arte literária!!

      beijos em espuma de agradecimento!!

      Chantal

      3544324938?profile=original
This reply was deleted.