DIAMANTE PEAPAZ

HOMENAGEM TOP PEAPAZ - ARLETE BRASIL DERETTI FERNANDES

1109537479?profile=original
Escritora TOP PEAPAZ desde 13 outubro 2010
1109035441?profile=original

Porque exceções ao comum, alguns poetas tornam-se merecedores de especial reverência. Assim ocorre com Arlete Brasil Deretti Fernandes. Sua linguagem expressiva e límpida expõe lírica do gênero Humanístico, através da qual a doce poeta cultua os encantamentos da Vida e transcende as dores da Morte. Por vezes seu pungente grito de saudade escoa-se através das palavras e assume ao nosso olhar a força de um gigante esteado na fé. Nenhum desespero. Apenas a certeza de quem cumpriu e cumpre sua missão. Apenas a certeza de que se a Vida é repleta de alegrias e tristezas, deve-se vivê-la com dignidade, sempre.

O espírito bem-aventurado da nobre escritora extravasa-se em ondas de emoção, quando aconselha através de "Aos poetas": "Coloca tua palavra a serviço da poesia, / E a poesia a serviço da humanidade!" E permanece neste estado de conjunção com as forças da Natureza, quando encerra seu poema: "Busca acender a luz da esperança. / Como o sol que se põe e renasce, / sem jamais se cansar!"

Poderia citar em cada poema de Arlete uma lição afortunada, afrescos de beleza e ternura. Escolho, entretanto, para ilustrar esta homenagem, um dos seus poemas, que ao meu olhar oferece um pouco do que representa para a PEAPAZ. Peço-lhe licença, para induzir os leitores a lerem ao início do primeiro verso: "EU SOU um plantador de esperanças".

1109035441?profile=original
semeando amor

Sementes de generosidade

Se eu for um plantador de esperanças,
jogarei lindas sementes pelos caminhos.
Sementes de amor para os carentes,
sementes de alegria para os sofridos,
sementes de conciliação para os entristecidos.

E quando voltar da jornada,
pularei, cantarei versos de harmonia e de paz
a todos que dela precisarem.

Verei ao longe o arco íris depois da chuva,
as estrelas, a grama verde e o cheiro de terra molhada.

E sorrirei, porque muitas sementes
brotaram à minha volta, e de seus brotos
saíram pétalas multicoloridas,
Que tornaram alguém mais feliz!

1109035441?profile=original
1109035135?profile=RESIZE_320x320
  1109035441?profile=original
Arlete Brasil Deretti Fernandes
Para muito além do que minhas simples palavras
não conseguem mais expressar,
foste destacada como Autora TOP PEAPAZ.
1109035441?profile=original
1109537333?profile=RESIZE_320x3201110614338?profile=original Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Criadora da PEAPAZ
1109035441?profile=original
Fundo musical: Arthur Rubinstein plays Liszt, "Liebestraum n°3"
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

  • DIAMANTE PEAPAZ

    Responder até Arlete Brasil Deretti Fernandes em 19 junho 2012 at 0:30
    Querida Silvia, Poeta e Escritora do Amor e da Paz.
    Não esperava esta surpresa, que veio me emocionar. Agradeço a generosidade, a amizade, o apoio e a vontade de que cada um floresça nos próprios escritos. Silvia é como uma mãezona que faz tudo o que pode para que seus filhos literários progridam como escritores, como poetas. E se alegra com os esforços e sucessos de cada um.
    Com paciência e bondade faz com que este ambiente seja de harmonia e de paz.
    Muito a admiro, não apenas pela grande poetisa que é, como pelo Espaço Cultural que aqui criou e continua a fazer crescer com todos os amigos que está sempre a incentivar. Este Espaço é admirável pelas dimensões que abarca. São muitos os grupos com as mais diversas modalidades de poesias e de outros textos, todos muito bem explicados e orientados.
    Aceite, Silvia, os meus agradecimentos e a minha admiração e respeito. Com carinho, beijos, Arlete.

    Marcial SalaverryPermalink Responder até Marcial Salaverry em 19 junho 2012 at 14:38
    Querida poetamiga,
    Voce merece tudo isso e o céu tambem...
    Conseguiu conquistar a todos os peapazianos, sem exceção...
    Beijos poetoparabenizatorios,Marcial

    Permalink Responder até Arlete Brasil Deretti Fernandes em 9 julho 2012 at 23:09
    Querido poeta e amigo Marcial.
    Obrigada pelas palavras que sempre vertem de teu coraçao em forma de amor, amizade,alegria e ternura.
    Sempre tens sinceridade e valores para transmitir em teus poemas.
    Carinho, respeito e admiraçao.
    Beijos.

    Permalink Responder até Sílvia Mota em 30 junho 2012 at 21:14
    Querida Arlete, que palavras bonitas, sensíveis e sinceras, eu bem sei! Mereces muito mais do que essa singela homenagem, minha querida amiga. Quero-te muito bem e admiro tua força diante da vida.
    Carinho, respeito e admiração!
    Beijossssssssssss

    Permalink Responder até Arlete Brasil Deretti Fernandes em 9 julho 2012 at 22:55
    Silvia, querida poetisa e amiga.
    Grata pela carinhosa homenagem, saída de tua linda alma. Admiro-te como ser humano especial e como escritora e poeta talentosa.
    É este um momento que guardarei dentro de meu coraçao.
    Meu carinho, respeito e admiraçao. Beijos.

    Permalink Responder até Sílvia Mota em 11 julho 2012 at 21:57
    Grata, querida amiga...
    Emocionada, estou.
    Beijossssssssssssss

    Permalink Responder até Arlete Brasil Deretti Fernandes em 7 abril 2015 at 23:08
    Silvia,
    Vc. sempre abençoada pelas luzes divinas.
    Abraço,
    Arlete.

    Permalink Responder até Janete Francisco Sales Yoshinaga em 30 junho 2012 at 20:56
    Eu vim ver a homenagem a esta linda Amiga Poetisa,
    e me deparo com esta sublime poesia dela!
    Meus parabéns Arlete,

    você merece todo o carinho dos amigos!
    Beijos no coração Amiga!
    Verei ao longe o arco íris depois da chuva,
    as estrelas, a grama verde e o cheiro de terra molhada.
    E sorrirei, porque muitas sementes
    brotaram à minha volta, e de seus brotos
    saíram pétalas multicoloridas,
    Que tornaram alguém mais feliz!

    Permalink Responder até Arlete Brasil Deretti Fernandes em 9 julho 2012 at 21:06
    Querida amiga poetisa Janete.
    Grata pela delicadeza que vem da tua alma bonita e terna para me felicitar. Teus poemas trazem belas mensagens, falas de sinceridade, paz, amor, amizade. Belos sentimentos de um lindo coraçao.
    Beijos, com carinho, de uma amiga que te admira,
    Arlete

    Permalink Responder até LUCIA GUEDES (Lufague) em 11 julho 2012 at 22:33
    Arlete, de palavras/versos/sonhos e inspirações poéticas. Uma homenagem muito bem merecida. Parabéns poetisa de belos sentimentos.
    Meu carinho especial, Lu

    Permalink Responder até Arlete Brasil Deretti Fernandes em 27 janeiro 2015 at 22:30
    Querida amiga poetisa Lu.
    Grata, por tuas doces palavras, as quais admiro pela beleza que contêm.
    Com carinho, amizade e respeito,
    Beijossssss

    Permalink Responder até Arlete Brasil Deretti Fernandes em 7 abril 2015 at 23:04
    Ondas do” Mar Sem Fim.”
    Quando ouvimos a palavra onda, surgem-nos várias figuras de muitas espécies. Umas muito altas e outras mais baixas, com cabelos grandes, brancos, que são as espumas brancas.
    O grandioso mar, quando esbraveja, depois de uma tempestade, parece um monstro dos maiores.
    Nas páginas do Lusíadas, (o maior monstro, surge como Adamastor). Muitos outros
    Escritores como Camões, Fernando Pessoa, Saramago ,Vitor Hugo e outros mais.
    carregam nas grandes leituras feitos também enormes. E uma contribuição grande
    da Mitologia grega, romana, celta e muitas outras. Camões foi autor de vários poemas, como os lindos sonetos que criou, principalmente da epopeia; Lusíadas.
    Muitas criaturas devem ter morrido nas caravelas que, iam procurar terras abrigados numa embarcação frágil , num mar imenso e com poucos víveres para se manter.
    Nos dias de hoje com a leitura destes antigos autores temos muito a conhecer e a deduzir .
    As histórias de Amor das epopeias e de outros livros, carregam consigo grandes passagens.
    O Mar, as ondas, são belíssimos, mas amedrontam muitas pessoas.
    Um mar limpo, de águas transparentes, é uma delícia. Muito bonito, com as ondas mais
    Calmas. Nos dias em que o mar estiver mais calmo, com maré baixa, é possível ir um pouco
    mais longe e sempre prestando a atenção as Ondas e no lugar onde estão os salva-vidas.
    É de penalizar, descobrirmos lixos plásticos principalmente, matando peixes em lugares que têm grandes quantidades e variedades de lixo.
    É muito bom passearmos de barcos, onde há este serviço, indo a olhar a beleza das ondas,
    Aqui, um peixe pula num show de malabarismo. Um pouco mais á frente avistamos paisagens.
    E as ondas vão passeando próximas ao barco onde estamos.
    Para mim, tudo isto é uma pintura das mais lindas paisagens criadas pelo Criador.
    Arlete Deretti Fernandes
    Brasil

    bém enormes. E uma contribuição grande
    da Mitologia grega, romana, celta e muitas outras. Camões foi autor de vários poemas, como os lindos sonetos que criou, principalmente da epopeia; Lusíadas.
    Muitas criaturas devem ter morrido nas caravelas que, iam procurar terras abrigados numa embarcação frágil , num mar imenso e com poucos víveres para se manter.
    Nos dias de hoje com a leitura destes antigos autores temos muito a conhecer e a deduzir .
    As histórias de Amor das epopeias e de outros livros, carregam consigo grandes passagens.
    O Mar, as ondas, são belíssimos, mas amedrontam muitas pessoas.
    Um mar limpo, de águas transparentes, é uma delícia. Muito bonito, com as ondas mais
    Calmas. Nos dias em que o mar estiver mais calmo, com maré baixa, é possível ir um pouco
    mais longe e sempre prestando a atenção as Ondas e no lugar onde estão os salva-vidas.
    É de penalizar, descobrirmos lixos plásticos principalmente, matando peixes em lugares que têm grandes quantidades e variedades de lixo.
    É muito bom passearmos de barcos, onde há este serviço, indo a olhar a beleza das ondas,
    Aqui, um peixe pula num show de malabarismo. Um pouco mais á frente avistamos paisagens.
    E as ondas vão passeando próximas ao barco onde estamos.
    Para mim, tudo isto é uma pintura das mais lindas paisagens criadas pelo Criador.
    Arlete Deretti Fernandes
    Brasil
    Muito obrigada e carinho.

    Que teus lindos poemas continuem a esculpir e a viver, Beijos.

    Responder até Maria Iraci Leal em 7 abril 2015 at 23:34
    Belíssima e muito merecida homenagem! Felicidades querida Arlete, grande beijo MIL.

    Permalink Responder até Arlete Brasil Deretti Fernandes em 8 abril 2015 at 22:28
    Querida Silvia ,
    Uma bela recordação. São momentos de Alegria e de amizade.
    Grata, queridas Prof. Silvia e Maria Iraci Grata e parabéns pelos lindos versos.
    Beijosssssssss a todos os participantes. BEIJOS.

    Permalink Responder até Sílvia Mota em 8 abril 2015 at 23:52
    Os versos são teus, querida Arlete.
    Parabéns!
    Beijossssssssssss

This reply was deleted.