DIAMANTE PEAPAZ

Ano III. Tertúlia Poética nº 4.

Edição nº 29 - abril 2012.

Tema: Segundo Aniversário da PEAPAZ

3542138575?profile=original

8 DE ABRIL A 15 DE ABRIL

3542138510?profile=original

3542138521?profile=original

3542138510?profile=original


FELIZ ANIVERSÁRIO PEAPAZ!

Cláudia Gama & Nazareno Oliveira


Em procura do já amadurecido

Mostrando-se explicado

A um ideal escolhido

Amparado por um símbolo...

Tudo começou... Um pélago!

Profundo... Na busca do certo

Então um castelo fora erguido

Grão por grão... Esforço emotivo

E se mantém intenso no objetivo

Vinculando a sabedoria de conquistas

Valorizando a verdadeira essência poética

Tornando sonhos possíveis através da escrita

Nutrindo pensamentos reflexivos

Enchendo de luz e esperança o espírito

Que assim seja... Que seus frutos sejam eternos...

3542138510?profile=original

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • P oeta! poeta! // tatatá! tarará! - // festa que chama e inflama! (3)

    E ssa tal poesia,  pele fria // nem sapo encantado // nem jia (4)

    A ra_ponga // arabesco na parede // tanta rosa, tanta sede (5)

    P ara-raio // papagaio // me segura na altura - subo e caio. (2)

    A legria PEAPAZ // nada mais // é tanto faz (6)

    Z - rodopia PEAPAZ // versos (p)rosas vida longa // poesia, poesia (1)

     

    ***********************

    Vania de Castro (1)

    Marco Bastos (2) (4) (5) (6)

    Sílvia Mota (3)

  • PRATA PEAPAZ

    Segundo aniversário do PEAPAZ

    É manhã!
    Gorgeiam pássaros felizes.
    Do orvalho, escorrem lágrimas...
    A luz ilumina a estrada inteira.

    Eu me levanto,
    Vejo rosas abertas ao sol.
    Colho dálias, cravos e buganvíleas.
    Jasmins e violetas doce perfume exalam.

    Recordo do primeiro dia,
    Dos amigos, poetas e escritores
    De tantas mensagens
    De amor e amizade,
    De alegria e de Paz.

    Que comentam, estimulam.
    Há os que comovem por
    Compor sonetos divinais.
    Que admiro, respeito e guardo
    Em meu coração.

    Há também os que compõem
    Lindos versos livres, brancos,
    E o que vale são as mensagens
    De Amor, amizade e Paz!
    Que constroem este recanto!

  • MEU AVÔ DIZIA QUE FESTA SEM MÚSICA , SEM FOGUETE E SEM MENINOS NÃO É FESTA. ENTONCES, VAMOS LÁ: rs,

    Tá em turco, mas isso não faz a menor diferença, vocês vão entender tudinho. Afinal, mais teimosa do que ela, mais ciumenta e pirracenta nós já vimos algumas aqui no Brasil. rs: Prá quem está próximo dos 45 anos, e esse é o meu caso, bom deixar uma drágea de Ancoron fora da caixa, afinal pressão arterial sobe e não avisa, né?. rs.

  • P oeta! poeta! // tatatá! tarará! - // festa que chama e inflama! (3)

    E ssa tal poesia,  pele fria // nem sapo encantado // nem é jia (4)

    A

    P ara-raio // papagaio // me segura na altura - subo e caio. (2)

    A

    Z - rodopia PEAPAZ // versos (p)rosas vida longa // poesia, poesia (1)

     

    ***********************

    Vania de Castro (1)

    Marco Bastos (2) (4)

    Sílvia Mota (3)

  • DIAMANTE PEAPAZ

    P oeta! poeta! // tatatá! tarará! - // festa que chama e inflama! (3)

    E

    A

    P ara-raio // papagaio // me segura na altura - subo e caio. (2)

    A

    Z - rodopia PEAPAZ // versos (p)rosas vida longa // poesia, poesia (1)

     

    ***********************

    Vania de Castro (1)

    Marco Bastos (2)

    Sílvia Mota (3)

  •  

    P

    E

    A

    ara-raio // papagaio // me segura na altura - subo e caio. (2)

    A

    Z - rodopia PEAPAZ // versos (p)rosas vida longa // poesia, poesia (1)

     

    Vania de Castro (1)

    Marco Bastos (2)

This reply was deleted.