Abordagem à solidão

De Té



Solidão é um estado de alma

É um sensação que oprime

é um ser desabitado

é um sofrimento silencioso

é uma dor de perda

é um vazio uma falta de identificação

vivendo numa ambivalência

Que escraviza e tira o sono

Que inquieta e retrai

Que subjuga e sobressalta

Que se afunda num abismo

É viver entre brumas

Que arrebatam a visão

Que se aprisiona entre sombras

Num retraimento que subjuga

São ais em ecos perdidos

São murmurios que endoidecem

São vozes que embriagam

Solidão não reconhece o medo

Reconhece que navega

num mundo que não é o seu

Mas não tem força para se soltar

das correntes que o enclausuram

Solidão vem da raiz da irresolução

De se lançar-se em caminhos desconhecidos

Pode perder-se e nunca mais se encontrar.



DE Té Etelvina Da Costa

Exibições: 52

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Dulce de Souza Leao Barros em 5 agosto 2018 às 21:03
Para algumas pessoas a solidão não incomoda e se torna companheira.
Comentário de Elisiário Luiz em 25 janeiro 2018 às 22:25

...sim cara amiga e agradeço tanto quanto de coração por sublinhares com tamanha atenção.... Fique Bem - Abraços! 

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 25 janeiro 2018 às 19:42

Caro Ellisário .entendi a sua expressão sobre a solidão . É certo a solidão pode antever-nos pela nossa forma de estar de ver e sentir mas nem sempre nos damos conta dessa invasão do nosso ser o espaço entre nós é tão limitado tão preenchido e se multiplicam  várias formas expressivas do nosso ser que nem nos damos conta de que estamos a viver fases conturbadas que não nos completam como seres humanos vivendo num mundo de muita gente mas nos sentimos vazios .. não sei se respondi á sua questão.. um forte abraço  

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 25 janeiro 2018 às 19:30

Sim sem duvida cara Neuza  eu não quis tocar na palavra amor mas nos versos subentende-se que um coração desabrigado é um coração em que lhe falta o alimento para a alma  isso é o amor ... Gostei do seu comentário muito obrigada pela troca de ideias  beijinhos

Comentário de Neuza de Brito Carneiro em 24 janeiro 2018 às 23:59

Há um poema meu que digo"Mundo vazio é um mundo cheio de gente sem você. Mundo cheio é um mundo onde só há eu e você." Acho, Etelvina, que a motivação é a mesma, ou seja, falta o amor que nos consola.

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 24 janeiro 2018 às 5:01

Comentário de Elisiário Luiz em 23 janeiro 2018 às 15:43

- Neste efusivo glamour

A Solidão pode nos antever, mas... Tantas das vezes

…nem ser largo o espaço entre eu e as minhas palavras!!!

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 23 janeiro 2018 às 14:53

Gracias Elias felicitaciones

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 23 janeiro 2018 às 14:50

Muito obrigada querida Margarida solidão é um estado de alma como a alegria ,a tristeza a depressão, esta muito semelhante à solidão, mas não tem as mesmas características cada um destes estados de alma têm sua forma de ser de estar e as consequências . aqui no que escrevo faço-o de maneira muito simples descomplicada para não causar perturbações ao leitor ou comparações com outros estados de alma. entendido minha amiga solidão um estado apático um desinteresse por actividades  é isso que está ai escrito é  um ser desabitado..  É uma casa fechada se não lhe abrirem as portas acaba por entrar noutro tipo de patologia.. a casa precisará de portas e janelas abertas para aquecer despertar entrar o sol pintura nova o soalho deve estar danificado pela humidade pelo frio que concentra o corpo e alma em estadio de solidão que até pode ser precoce,  é essa representação que dou como exemplo pena eu não ter encontrado uma imagem para ilustrar este trabalho que represente   uma casa a perder o seu viço a sua beleza por exemplo ..já entendeu tenho a certeza atenção querida margarida solidão não tem nada a comparar.se com o querer ,estar, viver sozinho.  isso ai é uma opção ou uma necessidade é uma situação passageira da vida ou até há muita gente que gosta de viver no seu canto entregue a seus hábitos seus livros na calma e sossego das suas ocupações.  beijinhos uma excelente semana apanhar sol ouvir os passarinhos ver gente conversar beber  da natureza ... 

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 22 janeiro 2018 às 18:59

Esses dias atrás perguntei a uma poetisa: O que é solidão para o poeta?

Fiquei sem resposta.

Agora você me dá a resposta detalhadamente.

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço