Acordei Morto

Hoje cedo eu acordei morto
como a muito talvez já estaria
mesmo assim corri ao aeroporto
ansioso para encontrar Maria

Maria deve ter-se enrolado
e da minha morte não falou
talvez nem tudo esteja errado
talvez meu morrer, não acabou

Se o meu morrer é tão distante
e se Maria não pirou
Mas se eu pirei neste instante
o meu morrer que fim levou

Que fim levou os meus cabelos
e o meu ar de Alan Delon
até nas orelhas eu tenho pelos
até esqueci o meu logon.

Alexandre



Exibições: 45

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço