Em um dia qualquer

Do meu lugar encantado 

Observo...e no silêncio sinto o momento.

A integração harmoniosa da natureza

No coral de pássaros gerando lembranças

Na quentura sonolenta do sol

Os sentimentos mesclados.

Busco entender a complexidade humana

Através de múltiplos olhares.

Com as costas doloridas e pés cansados

Cabelos embranquecidos

Presos pelo fio da saudade,

Com o rosto de rugas marcado

Mergulho no passado...minhas mãos se estendem num afago.

Passou o tempo...o real.

E tonta de espanto me aconchego

Nos braços da esperança.

Para a saudade ver passar.

Graça

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

  • Em um iluminado domingo
    Desperto com o repicar dos sinos
    Busco a serenidade do amor de Deus
    Os sentimentos bailam em meu coração
    E silenciosamente me coloco em oração
    Homenageio os ancestrais
    Na dor de não poder vê-los mais
    Procuro nas memórias bons momentos
    Que jamais voltarão!
    Graça
  • Grata amigos, bom início de semana a todos. Beijos

  •    "Me aconchego nos braços da esperança para a saudade ver passar". Gostei do seu poema Maria da Gr4aça!

  • Boa noite, um abraço a todos.

This reply was deleted.