Imagem Google.

ENTRE UMA E OUTRA...

 

São apenas palavras a persuadir

instigando o estro de um mero poema

Guardanapo de papel,

coisa pouca

Ora,

sem intenção alguma!

Envolvendo-se entre,

uma conversa e outra.

 

Cálidas notas de viola a fluir

repassando recordações,

agora soltas

Nuance onde se faz conferir

Entre,

uma música e outra!

 

Perfeita noite onde a inspiração

relaxa seu véu para que envolva,

legado atropelando nossas veias

Nessa sintonia entre,

uma irmã e outra!

 

Brindemos então ao poema

No torpor de toda essa magia

Pois quem sabe,

entre uma e outra...

Destaque em cena, audaz poesia!

Mônica Pamplona.

 

Exibições: 93

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Geraldo Coelho Zacarias em 20 julho 2017 às 15:56

Entre uma e outra...encontrei essa perola!...
Aplausos cara poetisa!...Amei!...Aplausos e beijos fraternos.

Comentário de LUCIA GUEDES (Lufague) em 14 fevereiro 2017 às 2:21

A inspiração é um pequeno vírus bom, que nos instiga e por vezes,lindamente se agiganta. Belíssimo! 

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 14 fevereiro 2017 às 1:37

Querida Etelvina.

Sua presença e palavras muito me honra, diante de meu simples trabalho.

Agradeço, o carinho.

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 13 fevereiro 2017 às 11:46

Poema ritmado o que lhe dá maior beleza  a repetição cruzando a métrica dos versos completou de forma habilidosa o seu trabalho  . Muitos parabéns adorei 

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 27 janeiro 2017 às 4:14

Doce, Vera.

Suas palavras alcançam a verdadeira essência.

Muito obrigada.

Bjsss.

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 27 janeiro 2017 às 4:12

Graça, querida.

Belezura ficou sua interação.

"mesclada de "Helenas",

falenas, brilhantemente

brindando a poesia!"

Um brilhante, poético.

Agradeço, o momento.

Bjsss.

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 27 janeiro 2017 às 4:07

Obrigada, poeta Elias.

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 27 janeiro 2017 às 4:07

Sempre agradecendo ao seu carinho e amizade, querido Paolo.

Tim tim.

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 27 janeiro 2017 às 4:06

Nobre poeta, Críspulo.

Grata, pela presença e carinho.

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 27 janeiro 2017 às 4:04

Obrigada, querida Dulce.

Tim tim.

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...