FEZ-SE FLOR


Fez-se flor.

Fez-se rubra, doce e macia

Feito a Poesia que as Rosas comem,

E que os Beija flores assopram – fúúúúúú!...

Chove ternura em pétalas brancas, leveza de nuvem

Flutuando sobre os canteiros de lírios,

Alvas bocas abertas ao orvalho frio,

À garoa sem fim que cobre

O desassossego.

Fez-se em Dor.

E se deitou com o poeta na alma.


*Carmen Regina3541832386?profile=original

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

This reply was deleted.