*** * ***

Sobre a Brisa Suave e caliente

emergindo do Mar azul e sereno

surge a Musa das profundezas

com seu sensual e doce veneno

.

Com cada seio desnudado

com o gostinho de pecado

Se mostra à u'a alma gêmea

no perfumado cio de fêmea

.

Até mesmo o Vento que a abraça

bem como os Silencios falantes

deixam escapar gemidos de amor

desejosos de ser delas amantes

.

O Mundo não gira... Ora para...

A mesmice deixa de ser marasmo

quando se rompe o mudo silencio

de cada um - ora em Orgasmo!

*** * ***

190417 0 00:17AMBR - Karlos

Poema- Zeca Feliz Avelar

Imagem- Livita

Musica do youtube. Mistura de sons- Livita


Exibições: 72

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Geraldo Coelho Zacarias em 20 abril 2017 às 9:42

São duas obras primas que retratam em concretas expressões, o abstrato da palavra

"AMAR"!...

Ambos de parabéns, recebam pois, meus efusivos  abraços.

Comentário de JOSÉ CARLOS RIBEIRO em 20 abril 2017 às 8:45

São os momentos que vem de dentro de nos o grito  onde liberamos os momentos mais gostoso da vida em afagos, que delicia de poema

Comentário de Filomena Azevedo Leite em 19 abril 2017 às 17:43

Belíssimo poema! Sensual e com a leveza dos sentimento

que o embala! Bjs

Comentário de Elías Antonio Almada em 19 abril 2017 às 15:14

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 19 abril 2017 às 12:52

Linda e sensual apresentação. Faz juz ao título.

Comentário de Paolo Lim em 19 abril 2017 às 11:17

Absolutamente sensual e orgástico, o poema expõe com envolvimento as sensações propostas. Bravooo ! 

Comentário de Dulce de Souza Leao Barros em 19 abril 2017 às 7:16
Gostei do seu lindo poema. Não tem como nos distanciarmos do orgasmo. Beijos

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Autores em destaque - hoje 

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...