Réplica agressiva

3541825051?profile=original

Réplica agressiva

Não te iludas.
Sei quem fui,
o que sou,
o que te dou,
o que não te dou,
o que desejo de ti.

Não me iludas.
Sei quem foste
quem és,
o que me dás,
o que não me dás,
o que desejas de mim.

Assim
Uso-te
Ouso-te
Abuso-te
Recuso-te
Fiz-te muso
Sei-te difuso
Olho-te efuso
Bebo-te infuso
Leio-te profuso
Deixo-te recluso
Entendo-te druso
Adubo-te contuso
Descrevo-te obtuso
Desnudo-te confuso
Descortino-te intruso
Apreendo-te concluso
Descubro-te inconcluso

Não me iludas,
que eu não te iludo.
Necessitas de mim,
pois sou teu início, meio e fim.
Não preciso de ti,
não estreei em ti,
não me ampliei em ti,
e, muito menos, és meu fim.
Não me iludas,
que eu não te iludo.
E, fim.

Flor da Madrugada
Cabo Frio, 7 de outubro de 2009 – 19h10

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

This reply was deleted.