velho relicário

eis o cântaro de encanto,

no  recanto  de meu cântico.

relicário de mais fino alabastro

mais precioso que carrara.

encaro verdadeiro astro

de luz mui brilhante.

cuja mensagem

passo adiante.

em trabalho de fino traço.

onde  todo me embaralho.

é onde agasalho suas cartas

de antanho com olhar tristonho.

às vezes repasso passo a  passo,

seu  perfume, seu ciúme, seu  abraço,

lembrando o tempo desvairado no espaço.

recorda-me  seu sorriso malicioso, seu vestido

vermelho, tingido  pela lenha lanhada lá no fogoso

fogo fumegante, defumado, muito  amado e relutante.

seu  cabelo  repartido, esvoaçado  pelo vento no evento

por mim neste momento imaginado ao olhar o firmamento

de  um lado alado muito além deste tormento, lamento ver

este  lado magoado de  nosso convívio passado, porém,

muito além do que seja o vil vislumbrar dum casamento

eternizado neste  exato momento. não  ligue minha

flor, são  meus velhos pensamentos  a recordar

dulcíssimo amor, porém, ao  que faço digo

amém ao me abraçar a este alabastro,

cântaro como canto de belo pássaro

a conter minha  ilusão qual o tempo

não  apaga  de seu  templário a relíquia

de velho e amenizante cenário qual amante

ama na ilusão de um dia  refletir o flamejante

encontro  em algum canto deste atormentado

coração amante, afeito  pela velhaca sensação.

pois, “sonhar é viver” assim  fala a bela canção.

jbcampos

Exibições: 19

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Jbcampos segunda-feira

Grato, Etelvina, pelas suas generosas considerações. Abraço do campos.

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa segunda-feira

Muito belo J. B.Campos seu cantar me encantoue a forma como dispõs suas letras muito bem formatando o seu relicário . parabéns 

Comentário de Jbcampos sábado

Agradecido por tê-la como amiga, cheia de poesia a estear minhas humildes cantigas. Obrigado Margarida. 

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA sábado

Lindíssimo JBCampos. O delicado versar e a bonita composição geométrica. Parabéns.

Comentário de Jbcampos em 16 maio 2018 às 15:40

Grato Almada, por ter sido tão gentil, tão camarada. Abraços campônios.

Comentário de Elías Antonio Almada em 16 maio 2018 às 15:16

Membros

Aniversários

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Margarida*

 *Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Liv Traffic Stats

Mídias Sociais

View Sílvia Mota ***'s profile on LinkedIn

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço