Som da Natureza em flor [Soneto Alexandrino - Homenagem a Arlete Brasil Deretti Fernandes]


Som da Natureza em flor

 

Eis-me a cantarolar a voz da Natureza,

harmonizada ao tom de diapasão divino -

cadência rosa em flor. As ramas da beleza

farfalham na floresta o perfumar citrino!

 

Luar de noite Lua, estrela em realeza,

gemer de água em paz, piano ou violino -

florir da terra-mãe. Em tudo há tal grandeza

que existe em tudo o som de beijo cristalino!

 

Zumbido de uma abelha, um corujar bem lento,

o beija-flor em cor – que de alvoroço extremo

seduz à contraluz - ardor do mel ao vento...

 

Tal qual numa oração, neste momento intenso,

exponho o coração às rimas - nada temo

desse inaudível som - silêncio em mim suspenso...

 


Ofereço este soneto à poeta Arlete Brasil Deretti Fernandes,

na certeza de que somente o Amor e a Fé ultrapassam barreiras consideradas intransponíveis.

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz

Rio de Janeiro, 20 de setembro de 2011 – 21h07

Fundo musical: Ernesto Cortazar. Thank You

Exibições: 458

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 6 março 2017 às 9:38

A cada um dos amigos, que aqui me honraram com suas visitas e comentários...

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 3 fevereiro 2017 às 22:15

Comentário de Manoel Dias da Fonsêca Neto em 20 janeiro 2017 às 12:17

Que belo soneto! Perfeito e profundo. Uma verdadeira oração.
Saudações.

Comentário de Maria das Graças Araújo Campos em 20 janeiro 2017 às 11:28

Que maravilha!
A natureza ao som de dons divinos
brindando a poetisa poesia
em grande estilo
soneto Alexandrino!

Beijos, querida escritora, e perfeita sonetista, Sílvia Mota! Bjsssssss

Comentário de Críspulo Cortés Cortés em 20 janeiro 2017 às 4:55

Comentário de Arlete Brasil Deretti Fernandes em 10 março 2015 às 20:36

Querida amiga Silvia Mota.

 Encantada e comovida.

É um presente eterno.

Arlete.

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 15 dezembro 2013 às 21:22

Mereces todas as minhas homenagens, querida amiga Arlete Fernandes.

Beijosssssssssssss

Comentário de Arlete Brasil Deretti Fernandes em 9 dezembro 2013 às 20:14

À Silvia e a meus queridos amigos, com todo o meu afeto, para sempre.

Beijo. Estarão para sempre em meu coração, eternamente.

Arlete. Muitos abraçõs e beijos.

Comentário de Arlete Brasil Deretti Fernandes em 9 dezembro 2013 às 20:09

Grata, Silvia! Grata a todos os amados amigos que guardaderei para sempre no mais profundo de meu coração.

Beijo grande para sempre.  Carinho, Respeito e Admiração.  Beijo.    Arlete.

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 6 dezembro 2013 às 16:35

Majestosa e eloquente homenagem à nossa querida Arlete.

Nunca é demais tanto carinho.

Releio com maior prazer tais versos recheados de amizade.

Parabéns às meninas por tamanha obra.

Bjsssss   no coração.

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...