Balada dos Sonhos em tristes cânticos

 3542040650?profile=original

 

Gostaria de poder estar contigo pela manhã,

para nos sentarmos e tomarmos um café;

falarmos sobre qualquer amenidade louçã,

bate-papo comum entre um e outro canapé.

Furtivamente mirando teu olhar complacente,

compartilharmos sonhos e crenças vindouras,

não estarias sozinha, seria a noite ridente,

não pairariam as nuvens no céu ameaçadoras.

 

Gostaria de estar contigo e talvez poder dançar,

uma valsa ao luar toda envolvida em estrelas,

ouvindo na aragem da noite música a sussurrar,

apoderar-me das tuas ilusões ousando em tê-las

Envolver tua nuca, me acercar de teu rosto,

até finalmente beijar-te os lábios molhados,

sentindo o frenesi tímido no olhar já exposto,

embriagando nos aromas dos cabelos emanados.

 

Gostaria de dormir, acalentar o sonho sem fim,

acordar cativo de tuas vontades então já plenas,

agradecer aos céus pelas asas postas em mim,

que entre as nuvens tecidas me levaram amenas.

Ao abrir os olhos, afinal,  na manhã preguiçosa,

surpreender-me que não desaparecestes ultrajada;

como a compactuar com aquela noite venturosa,

estás aqui... estás comigo, dos meus beijos saciada.

 

De repente, compreender o poder ingente dos sonhos,

mais que meu devaneio ou só disparates românticos,

ler no espelho, no fundo dos olhos agora tristonhos,

que entre nós haverá somente tristes meus cânticos.

07012017

Luiz Morais

Brasil

 

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

This reply was deleted.