Viver, viver.../ Não mais que viver / e vêm os anos que se passam, / na rotina um pouco de desespero / aliviado pelo final da tarde: / a chama do céu em crepúsculo. / Viver... Ó doce viver... / Namorar para amar / nas longas estações / e, na primavera, doces recordações. /Amar para criar / pessoas em evoluções. / Viver, viver... / Ó doce viver...

Exibições: 13

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 17 maio 2018 às 22:20

Viver nem sempre é doce...

Bonito trabalho.

Comentário de Elisiário Luiz em 17 maio 2018 às 15:20

 Brilhante pelo que se propôs: viver, em nós residir...parabéns  Fique Bem!

Comentário de Elías Antonio Almada em 16 maio 2018 às 15:16

Membros

Aniversários

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Margarida*

 *Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Liv Traffic Stats

Mídias Sociais

View Sílvia Mota ***'s profile on LinkedIn

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço